Polícia Civil de Pirajuí investiga situação de crianças dormindo em chão de escolas municipais

Denúncia apresentou imagens e assunto ganhou repercussão regional na noite desta segunda-feira, dia 17 de junho de 2024, após reportagem ser veiculada pela emissora TV Tem, afiliada da rede Globo

A Polícia Civil e o Ministério Público abriram inquéritos em Pirajuí, a 85 quilômetros de Marília, para apurar uma suposta situação de maus-tratos envolvendo crianças matriculadas e escolas municipais daquela cidade. Imagens que chegaram em forma de denúncias mostram alunos dormindo no chão, sem o uso de colchonetes ou de colchões.

Pirajuí possui cerca de 22 mil habitantes e, segundo a denúncia, as fotos foram tiradas nas unidades dos Centros Municipais de Educação Infantil. O assunto ganhou repercussão regional no começo da noite desta segunda-feira, dia 17 de junho de 2024, logo após ir ao ar em reportagem da emissora TV Tem, afiliada da rede Globo.

Outro lado

Por intermédio de nota oficial, a Prefeitura Municipal de Pirajuí alegou que “as imagens inseridas na denúncia de supostos maus-tratos, ocorrida nas dependências da CEMEI Professora Denise Chade Castiglioni Cury, seriam um conteúdo falso, armado e forjado com interesses políticos”. A Secretaria Municipal de Educação de Pirajuí afirmou que repudia o ato e que combaterá quaisquer ações maldosas que coloquem em risco a integridade dos alunos e que será aberta uma sindicância para apuração dos fatos e dos envolvidos.

Compartilhe esse conteúdo

LEIA
mAIS