Ação de Combate ao mosquito Aedes Aegypti visita 1.496 residências

Continua depois da publicidade

A 5ª Ação Conjunta de Intensificação do Combate ao mosquito Aedes Aegypti, realizada pela Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Saúde e através da Divisão de Zoonoses, no último sábado, dia 19, visitou um total de 1.496 residências dos bairros Alto Cafezal, Nova Marília e Vila Hípica.


A ação, que tem como objetivo principal o BCC (Bloqueio Controle de Criadouros), incluindo trabalho educativo, busca de sintomáticos e de situações de risco, envolveu 55 profissionais, entre agentes comunitários de saúde (38), agentes de controle de endemias (oito), agente de controle de zoonoses (um) e supervisores de saúde (cinco), além de um supervisor de zoonoses e dois motoristas.


O trabalho foi executado em 89 quadras, sendo 35 no Alto Cafezal e 54 nos bairros Nova Marília e Vila Hípica, como explica o secretário municipal da Saúde, Cássio Luiz Pinto Júnior.


“Mesmo com a chuva, a nossa meta foi alcançada, sendo que cada profissional esteve em 31,82 casas na média. Além das 1.496 residências visitadas, encontramos 912 fechadas e tivemos apenas 30 recusas. Agradecemos à população pela colaboração e permissão para os nossos agentes pudessem entrar em quase 1.500 casas. Isso faz com que os possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti sejam eliminados e, assim, evitemos as doenças causadas por esse mosquito, principalmente a dengue”, afirmou o secretário

Compartilhe esse conteúdo

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA
mAIS