Judocas da Amei de Marília participam do Grand Prix em São Paulo

Continua depois da publicidade

Os atletas da Associação Mariliense de Esportes Inclusivos, a Amei, vão disputar neste sábado dia 19 de março, o Grand Prix (GP) de Judô, que será realizado no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo. Confirmaram participação as judocas Alana Maldonado e Rebeca Silva, bem como o judoca Guilherme Sousa.

Com mudanças nas regras internacionais, o “novo” judô paralímpico terá sua primeira competição oficial disputada no Brasil. O GP vai reunir 117 atletas, sendo 81 homens e 36 mulheres. Será o evento que colocará à prova as regras aprovadas pela IBSA (sigla em inglês para Federação Internacional de Esportes para Cegos) para o ciclo dos Jogos de Paris 2024 que mexeram bastante na estrutura da modalidade.

Até então, judocas das três classificações oftalmológicas – B1 (cego), B2 (percepção de vulto) e B3 (definição de imagem) – lutavam entre si dentro de cada peso. A partir de agora, quem for cego total (B1) só lutará contra cego total em uma nova categoria chamada J1. Quem era B2 e B3 lutará apenas contra oponentes dessas mesmas classificações em outra categoria nomeada J2.

Alana Maldonado foi medalhista de ouro em Tóquio e disputa na categoria até 70 quilos, essa será a primeira competição da judoca após a inédita medalha conquistada na última edição dos Jogos Paralímpicos.

Compartilhe esse conteúdo

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA
mAIS