Projeto Leia Mulheres acontece neste sábado, dia 30, na Casa de Cultura de Marília, a partir das 15h

Continua depois da publicidade

O objetivo é ampliar o contato de leitores com escritoras de vários gêneros literários e nacionalidades

Neste sábado, dia 30 de julho, a partir das 15 horas, acontecerá o reencontro do projeto Leia Mulheres. O Leia Mulheres Marília é um Clube de Leitura que se reúne todos os meses para ler e conversar sobre livros escritos por mulheres. O objetivo é ampliar o contato de leitores com escritoras de vários gêneros literários e nacionalidades.
Os encontros em Marília acontecem desde abril de 2018, quando Ana Xavier e Raisa Oliveira iniciaram o projeto com a leitura de ‘Frankenstein’, de Mary Shelley. Atualmente os encontros são mediados por Fabrina Martinez e Letícia Oliveira e, a partir de julho de 2022, passam a acontecer na Casa de Cultura de Marília, sempre nos últimos sábados do mês, a partir das 15 horas. Com a pandemia, nos anos de 2020 e 2021, os encontros tiveram de ser realizados via Zoom. Agora eles retornam ao modo presencial e respeitando todas as medidas sanitárias necessárias. Para o primeiro encontro na Casa de Cultura, as mediadoras abriram uma votação e o livro “Os sete maridos de Evelyn Hugo”, escrito por Taylor Jenkins Reid, foi o escolhido tanto no grupo de WhatsApp quanto no Instagram (@leiamulheresmarilia).
Vale lembrar que o projeto é aberto a todo tipo de público e não é necessária inscrição prévia. A única exigência é que os títulos escolhidos tenham sido escritos por mulheres e que os encontros sejam mediados por mulheres.
O projeto Leia Mulheres foi criado, originalmente, em São Paulo, em 2014, pelas atuais coordenadoras Juliana Gomes, Juliana Leuenroth e Michelle Henriques.
O Leia foi inspirado no projeto #readwomen2014, idealizado pela escritora e ilustradora britânica Jonna Walsh. No Brasil, além da #viralizar, a proposta se tornou um projeto coletivo que mobiliza mais de 300 medidoras mais de 160 cidades em todos os estados do Brasil, bem como, países como Alemanha, Portugal e Suíça. Todas as mediadoras são voluntárias e o projeto, apoiado pela Secretaria da Cultura, não tem fins lucrativos.
A iniciativa de construção em rede é importante para divulgar o trabalho de escritoras já que mulheres são menos publicadas, divulgadas, premiadas e reconhecidas. Além disso, é importante para mostrar que a expressão “leitura feminina” é uma forma de reduzir o conhecimento produzido por mulheres que, muitas vezes, é visto como inferior ou banal.
Os encontros do Leia Mulheres Marília mostram que mulheres podem escrever sobre qualquer assunto ou gênero e podem (e devem) ser lidas por qualquer pessoa.

SERVIÇO
Data: 30/07 – Sábado
Horário: das 15h às 17h
Local: Casa de Cultura (Avenida Santo Antônio, n.º 136)
Obra do Mês: ‘Os Sete Maridos’, de Evelyn Hugo, de Taylor Jenkins Reid

Compartilhe esse conteúdo

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA
mAIS